Ruivas, Louras & Morenas

domingo, 19 de outubro de 2008
Pois é, como diz o povo, "de boas intenções está o inferno cheio". A que propósito vem isto? Bom, é que eu tinha guardadas umas quantas cervejas "de Natal" com o propósito de me aquecerem os dias invernosos, mas um dia destes não resisti (ah! como a carne é fraca...)e fui-me a uma delas. Ou melhor, a duas, mas agora limito-me a falar da primeira a sucumbir, a Bush Noel.
Manifesto desde já uma declaração de interesses: sou um indefectível das cervejas da cervejeira Dubuisson, especialmente desse colosso de força que se chama Bush Ambré, uma das grandes referências cervejeiras da actualidade. Daí então, a minha predisposição para gostar desta Noel. Que não desiludiu.
O curioso é que esta é a 50ª apreciação que faço a cervejas belgas. E devo dizer que a Noel merece bem o marco.
É uma cerveja bem ao nível das outras “manas” Bush: encorpada, de forte personalidade e pouco confundível com outras do mesmo estilo.
Espuma cremosa que marca em anéis sucessivas as paredes do copo, um corpo bronzeado e levemente turvado de carbonatação apreciável, um aroma forte a passas e a vinho velho. Os sabores remetem-nos às vindimas, aos licores e mesmo à experiência marcante da 1ª alambicada. Uma mistura generosa de frutas maduras, maçãs, ameixas, o indispensável malte aliado a algumas especiarias.
O final de boca é marcante: o líquido deixa rasto por toda a boca e garganta, chegando ao estômago com vontade de marcar presença. O que quer dizer que a sua força etílica é evidente, embora muito equilibrada e agradável.
Pelo que acabei de dizer, só há uma conclusão: a Bush Noel agrada em todos os sentidos - embora continue a preferir a Ambré - e um Natal regado com um néctar assim, só pode ser um Natal abençoado.
Bush Noel - **********




Cervejeira: Brasserie Dubuisson Frères, sprl
Vol/Alc: 12% Abv
Ano: 2007
Tipo: Belgian Strong Dark Ale
Copo: Goblet


Etiquetas: ,

 
posted by Vic at 10/19/2008 11:24:00 da manhã |


2 Comments:


At 4 de novembro de 2008 às 18:08, Blogger JC

Infelizmente, o verdadeiro Bush ainda vai passar do Natal. Dura até Janeiro!!!
Bom, hoje lá vou ver o seu clube na TV, aperitivo para a noitada que por aqui se prepara por mor das eleições.
Abraço

 

At 5 de novembro de 2008 às 23:25, Blogger VdeAlmeida

Meu caro JC

Os americanos são tipos muito esquisitos. Veja lá, que a cerveja até teve que mudar de nome para se poder lá vender (Scaldis).
Bem, parece-me que lá nos safámos...
Abraço