Ruivas, Louras & Morenas

domingo, 18 de maio de 2008
Uma vez que se completou o tal ano sobre a abertura deste espaço dedicado à apreciação da cerveja, pensei que seria interessante proceder a um balanço à “actividade” degustativa levada a cabo nestes 366 dias, e deixar aqui nota das melhores cervejas que avaliei.
A princípio pensei eleger as 10 melhores, mas depressa verifiquei da impossibilidade de tal tarefa, tantas são as cervejas memoráveis. Assim, decidi-me por eleger 20, e deixei muitas que muito aprecio, de fora. Uma nota, para referir que me foi praticamente impossível estabelecer uma ordem de preferência, pelo que optei por as relacionar por ordem alfabética
Vamos então:


Cervejas Especiais


-
Bush Prestige - Artigo de luxo da cervejeira Dubuisson, Bélgica.
Strong Pale Ale com 13% de ABV
Garrafa: 0,75cl
Custo: 23€, adquirida em Bruxelas



DeuS, Brut de Flandres - Cerveja produzida segundo um método misto champanhês, da brasserie Bosteels.
Biére de champagne, Brut de 11,5% de Abv
Garrafa: 0,75cl
Custo: Mais ou menos 19€ (à venda em Portugal)



Fuller’s Vintage Ale - Uma Old Ale da Fuller Smith & Turner, com um cunho de exclusividade que lhe empresta a numeração nas garrafas.
Cerveja de Inverno, com 8,5% de Abv
Garrafa: 0,5
Custo: 6€, adquirida na Holanda



Gordon Christmas - Cerveja de Natal da Anthony Martin, Bélgica
Uma Belgian Strong Dark Ale, com 12% de Abv, elaborada para o Natal de 2007.
Garrafa: 0,75cl
Custo: 4,70€ no ECI de Sevilha; 8,9€ nos hipermercados nacionais



**********


De seguida, as Cervejas Correntes:


Aecht Schelenkerla Rauchbier (Urbock) - Uma cerveja alemã fumada de grande qualidade da Brauerei Heller-Trum.
Com 6,6% de Abv, impõe uma presença fortíssima
Garrafa: o,33cl.
Custo: Menos de 2€, em Amsterdam.



Anchor Old Foghorn - Uma Barley Wine americana de fazer inveja.
Grande corpo servido por 10% de Abv e sabor quase indescritível. Graças à Anchor Brewing Company.
Garrafa: 0,33 cl
Custo: 2,70€, em Amsterdam



Avec Les Bons Voeux - Das mãos dos cervejeiros da Brasserie Dupont, saiu esta Farmhouse Ale/Saison excepcional.
Uma bela cor dourada, e um corpo majestoso sustentado por 9,5% de Abv.
Garrafa: 37,5 cl
Custo: + ou - 4€, em Amsterdam



Brugse Zot - “O louco de Bruges” é uma das minhas louras favoritas. A De Halve Maan, presta com ela um serviço inestimável à humanidade
Vertida no copo, é uma carícia para o olhar, fresca e vivíssima, nos seus 6,2% Abv.
Garrafa: 0,33 lt
Custo: + ou - 2 €, em Brugges



Bush Ambrée - Uma strong ale - Barley Wine, segundo alguns entendidos - incontornável, da cervejeira dos irmãos DuBuisson.
Fortíssima presença, confirmada por uns enérgicos 12% Abv.
Garrafa: 0,25 lt
Custo: entre os 1,42€ e os 2,1€, nos supermercados



Charles Wells Banana Bread Beer - Quem nunca provou esta fruit beer dos cervejeiros ingleses da Charles Wells nem sabe o que anda a perder.
Suavíssima, mas cheia de personalidade e com uns 5,2% Abv quase imperceptíveis.
Garrafa: 0,56 lt
Custo: 4,20€ em Amsterdam




Chimay Bleu - Uma das maravilhas fruto do engenho cervejeiro dos monges trapistas.
Com 9%Abv, é uma daquelas cervejas que nunca se esquece.
Garrafa: 0,33lt e 0,75lt
Custo: + ou - 2,4€ ou 7€ nos supermercados.



Duvel Uma omnipresença em todo o mundo, pode-se dizer, bem merecida para esta extravagante loura da Moortgat.
Trata-se de uma strong pale ale exemplar, e os 8% Abv são equilibradíssimos.
Garrafa: 0,33 lt
Custo: entre os 1,7€ e os 2,1€ nos supermercados



La Trappe Dubbel - Cá está a dubbel exemplar. Esplêndida em todos os aspectos: apresentação, aroma, sabor. Mais uma, saída do engenho monástico. Desta vez, comercializada pela Bierbrouwerij De Koningshoeven B.V.
O mais notável é, realmente, o magnífico equilíbrio de toda a cerveja, alicerçado nuns também muito equilibrados 6,5% Abv.
Garrafa: 0,33lt e 0,5lt (stone bottle)
Custo: entre os 1,8 e os 5,45€, nos supermercados e em Badajoz, ou Sevilha (ECI).



Nogne 0 Imperial Stout - Os amantes do sabor forte de cafés e chocolates das Stouts, pouco poderão fazer para resistir a esta grande cerveja escandinava.
Musculada nos seus 9% Abv, é um exemplo do vigor do mercado nórdico.
Garrafa: 0,5lt
Custo: 4,12€, Amsterdam



Rochefort 10 - Esta terá sempre um lugar de topo nas minhas preferências. Uma trapista mais que perfeita, de sabores tão intensos e complexos que se tornam quase inexplicáveis. Uma verdadeira obra-prima, vigorosa nos seus 11,3 Abv.
Garrafa: 0,33lt
Custo: 2,1€, em Badajoz ou Sevilha (ECI)



Samuel Smith Imperial Stout - Outra Imperial Stout de alto coturno, esta proveniente da velha Albion. Grande presença, apesar dos pouco excessivos 7,0% Abv. Aromas, sabores eloquentes, capazes de aquecer qualquer Inverno.
Garrafa: 0,33 lt
Custo: 2,45€, em Amsterdam



St. Peters Cream Stout - Nova stout, porém, desta vez uma Cream Stout, Se houvesse dúvidas que não é o grau etílico a “fazer” uma cerveja, aí está o exemplo perfeito (6,5%Abv). Cremosa, suavíssima, uma festa para os sentidos.
Garrafa: 0,5lt
Custo: 3,5€, em Amsterdam



Thomas Hardy‘s Ale - E falando de festas para os sentidos, eis uma Barley Wine de cair para o lado - literalmente, graças aos 11,7%Abv - e de dar graças aos deuses que inspiram os cervejeiros da Thomas Hardy.
Numerado, esta é outra cerveja que reclama para si uma certa exclusividade, que se reflecte no preço
Garrafa: 0,25lt
Custo: 4€, em Londres



Triple Karmeliet - Uma triple que diz como deve ser uma triple. Cativa logo pelo seu magnífico aspecto no copo, uma loura especialmente bonita, com sabores e força a condizer (9%Abv).
Garrafa: 0,33l
Custo: a partir de 1,7€ nos supermercados




Westvleteren 12 - A jóia da coroa da industria cervejeira belga.Uma cerveja que faz perder a cabeça a muitos amantes cervejeiros, quer pela sua qualidade, quer pela sua raridade. E o preço a que é comercializada pelos poucos que a ela têm acesso, reflecte isso.
De qualquer forma, vale o sacrifício. É realmente fora de série. Uma quadrupel que muitos imitam, mas ninguém iguala. Tem 10,2% Abv, e se houvesse dúvidas que os monges trapistas têm acesso ao Olimpo, aí está a Westvleteren 12 a afiançá-lo.
Garrafa: o,33lt (sem qualquer rótulo)
Custo: um pouco mais de 6€ em Bruxelas

Etiquetas:

 
posted by Vic at 5/18/2008 12:06:00 da tarde |


5 Comments:


At 19 de maio de 2008 às 22:59, Blogger galvao99

Mas que grande post! Muito bom, magnifico.

 

At 20 de maio de 2008 às 03:44, Blogger feijão

Tá bom, to com uma inveja do CARALHO pela quantidade, qualidade, excluvidade desta sua linda, bela, invejada, deliciosa relação de cervejas degustadas pelo nobre e competente companheiro. Belo post.

 

At 20 de maio de 2008 às 18:41, Blogger Bruno

Parabéns Vic.

Que este seja o primeiro de muitos anos dedicados à degustação de grandes cervejas!

Um abraço.

 

At 26 de maio de 2008 às 15:04, Blogger Tan

PARABÉNS !!!!
Façamos um brinde !!!
Muito legal a lista das cervejas, pena que aqui e difícil encontrar todas elas.
Abraço.

 

At 28 de maio de 2008 às 12:16, Blogger VdeAlmeida

Obrigado a todos e um abraço

Cheers!